sexta-feira, 20 de março de 2009

O TRABALHO DO MÉDIUM , ELEMENTOS E CONSULTAS

TEXTO DE CLAUDIA BAIBICH


TRABALHANDO COM POMBA GIRA
Após um período de "namoro com a entidade",inicia-se fase do comprometimento e da responsabilidade. Todos os médiuns ativos devem seguir os preceitos das Casas onde trabalham e as orientações de seus Guias.
O trabalho na Umbanda é menos ritualístico que na Nação,mas também tem sua liturgia,que deve ser respeitada.
( O médium deve seguir em primeiro lugar, as orientações de seu dirigente. )
Existe um preparo que se inicia muito antes da hora da "gira", que envolve: harmonização interior, quietude mental, banhos de descarrego com ervas específicas (preferencialmente as frescas, para a absorção do "prana" ou "axé" contidos nesses elementos vegetais. As ervas secas continuam mantendo suas propriedades medicinais, mas perdem muito de sua "vida energética".

O médium deve cuidar de suas roupas e guias (colares de contas e miçangas) com amor; preparar o material de consultas das entidades que serve, verificar se não está faltando nada, caso tenha falta de algum elemento importante, deve providenciá-lo; enfim não pode ser negligente com seus guias e com o trabalho dos mesmos.
Cada entidade tem seus elementos específicos de trabalho, de acordo com a linha que pertençam.

ELEMENTOS USUAIS DE TRABALHOS:

* velas: vermelhas, vermelhas e pretas, pretas, brancas ou em outras cores, dependendo da entidade.
* Rosas vermelhas (inteiras,abertas e sem espinhos) pétalas de rosas
* tábua para riscar o ponto
* pembas: vermelha, preta, branca
* ponteiras
* cigarrilhas ou cigarros (cinzeiro)
* fósforos
* bebida (se for permitido, pelos dirigentes, no caso de entidades reconhecidas e com pontos riscados) entre elas: champagne, espumante, filtrado, licor, campari, vinho, martini, suco de uva, etc.
* taça ou copo de vidro, acrílico ou estanho
* água mineral
* água de coco
* fitas:vermelhas, pretas, ou vermelha e preta, e também em outras cores
* perfumes, água de cheiro ou essências, pó do amor e outros pós de uso
em magias, óleos, poções, etc
* frutas (se for permitido pelos dirigentes)especialmente maçãs
* baralhos (no caso de Pombas Giras Ciganas)
* roupas: capas com os pontos riscados, saias, blusas, vestidos, xales enas cores de cada entidade.( os usos de vestuário diferenciados, dependem da casa e dos dirigentes)

ELEMENTOS MAIS ESPECÍFICOS

* Punhal (normalmente não é permitido, por motivo de segurança)
* imagens, por exemplo, a caveira, no caso de Dona Rosa Caveira
* tridentes pequenos
* tesouras
* moedas
* adornos que a entidade pode precisar dar a um consulente(como pulseiras de metal dourado, colar de miçangas, anel, etc)
*Elementos específicos que a entidade peça para realização de trabalhos

As entidades podem dar consultas de duas formas dentro do Terreiro:

* Informal (raro, a maioria dos Terreiros não adota esse tipo de relação, seja com os consulentes da assistência ou com os próprios médiuns da corrente): após a incorporação, a entidade que ainda não riscou ponto e seu médium ainda não está no "toco", simplesmente conversa, na maioria das vezes, em pé, com os consulentes. Não pede ou faz trabalho, realiza uma espécie de triagem e pode passar o caso para a entidade chefe da casa, ou dar seus conselhos.
*Formal: após a incorporação, a entidade firma seu ponto (desenha uma espécie de gráfico de identificação com pemba (giz) numa tábua de madeira, acende suas velas e firma suas ponteiras(espécie de mini punhal sem corte nas lâminas)

Nesses casos a entidade costuma ter um cambone (espécie de auxiliar) que a ajuda com os materiais de trabalho e com a comunicação com o consulente.

O atendimento e os trabalhos que as entidades realizam com os consulentes, dependem das normas da casa, e é claro, da própria entidade.
Existem casos,onde o médium trabalha com a entidade em sua própria casa, ou num espaço dele reservado para esse fim. Há quem seja a favor e há em seja contra. Quando o médium ou a entidade optam por esse tipo de atendimento, cabe ao médium fazer seu preparo de modo idêntico como se fosse ao Terreiro, outros fatores importantes são a firmeza da tronqueira (uma espécie de casinha, onde são feitos os assentamentos das forças dos Guardiões) e que obviamente fica do lado de fora da casa,próximo a entrada, à esquerda de quem entra ou em um ponto definido pelas entidades. Em caso de apartamento, a firmeza dos fundamentos é feita apenas na "quartinha". Tem a função de proteção,concentração de energia, é um portal energético. Na Tronqueira ficam tridentes, punhais, velas,bebidas, pedras, entre outros. Isso tudo não é "enfeite",são instrumentos ativados magisticamente pelos espíritos.
Os médiuns que trabalham em casa devem tomar cuidados redobrados,pois o mesmo consulente carregado que vai ao Terreiro,pode ir à casa dele.

"Não se brinca com assuntos sérios" !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

A questão de cobrar pelos atendimentos é bastante polémica, existem tanto médiuns, quanto entidades que são radicalmente contra, especialmente na Umbanda. E também há os que por dedicação exclusiva à religião, cobram para se manterem.Os valores variam de simbólicos a astronómicos.

E há ainda os que cobram apenas a Lei de Salva", uma espécie de contribuição e retribuição pelos materiais usados. Seria uma espécie de agradecimento, validação e ressarcimento por parte do consulente.

Pode ser cumprida também com o consulente comprando o material por sua própria conta.

Se você está disposto e "pronto" à exercer sua mediunidade de modo ativo, lembre-se do comprometimento que ela exige!!!

Mas saiba também, que nenhuma entidade irá transformar sua vida num inferno, para que você se obrigue a trabalhar com ela. Nenhuma entidade de Luz faz isso. Não caia nessas crendices.

Ocorre o contrário, quando abrimos nossa mediunidade, frequentamos uma corrente de Umbanda, e fazemos o nosso amaci, nos tornamos mais fortes emocionalmente e espiritualmente, mas essa entrega deve ser feita com amor e maturidade, no momento certo! E jamais deve ser uma decisão tomada em forma de barganha, para a vida melhorar, porque se não houver missão e amor, não se iluda, nada vai melhorar!

Do mesmo modo que você não precisa ser médium frequentador de corrente, para ser feliz e evoluir, basta ser do bem, com o bem e para o bem!!!!!!!!!!!!!!

SAUDAÇÕES,
CLAUDIA BAIBICH
PARA COPIAR, CITE A AUTORA
Licença Creative Commons
Todos os textos neste site site de Claudia Baibich, foram licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Brasil.

.

SALVE DONA MARIA MOLAMBO

SALVE  DONA MARIA MOLAMBO
MINHA AMADA GUARDIÃ E ANJO DA MINHA VIDA!